Segunda-feira, 25 de Julho de 2005

Conjecturas do (Im)Previsível

images.jpg


Uma vez mais, J.K.Rowling surpreende-nos com uma morte inesperada. Razões claras e evidentes para ela? Não as consigo encontrar, apenas, e mais uma vez, só me é permitido entrar no campo das especulações, e conjecturar sobre um assunto do qual possuo algumas informações explícitas no livro, alguns pormenores da trama que acho que podem ser analisados e remeter para este final e, no fim, o meu próprio pensamento, sensibilidade e entendimento da obra.

Talvez os leitores se possam aperceber de que o personagem a ser sacrificado no sexto livro é o Director da Escola de Magia e Feiticeiria de Hogwarts, devido à sua grande interacção com Harry no decorrer da trama, interacção e proximidade estas que nunca antes se tinham dado.

No meu entendimento, a autora cometeria um grande erro ao deixar que Snape matasse alguém ou passasse definitivamente para o lado de Voldemort, pois essa situação seria, a meu ver, ridícula, uma vez que a escritora passou, durante cinco volumes, a imagem de um Severus Snape redimido. A verdade é que eu próprio continuo a não acreditar que o professor Snape tenha definitivamente passado para o outro lado. Dumbledore devia saber, como aliás penso que soube desde o início que Snape tinha feito o Voto Inquebrável com Narcisa Malfoy e Bellatrix Lestrange, como forma de não ver o seu disfarce descoberto (lembremo-nos que Sanpe de mostrou muito relutante a fazer o voto quando Narcisa lho pediu). Dumbledore, sabendo que Draco nunca o conseguiria assassinar, apenas não queria que o disfarce de Sanpe, que tantas informações tinha passado à Ordem da Fenix enquanto agente infiltrado, fosse descoberto. Para que essa situação não se verificasse e, na minha óptica, Dumbledore sacrificou-se para garantir que o disfarce de Severus Snape não fosse totalmente descoberto e para garantir que o mesmo não morreria (se Snape tivesse quebrado o Voto Inquebrável, a punição por o ter feito seria a morte).

Espero não estar enganado nesta minha leitura dos factos. Espero que a morte de Dumbledore não tenha sido em vão. Se não fosse para garatir que Snape não morreria por ter quebrado o voto e que para que o seu disfarce não fosse descoberto, porque terá, então, o director petrificado Harry mal chegaram à Torre de Astronomia e de deu conta que, a par com a Marca Negra projectada no céu, também Malfoy lá estava mesmo a chegar, de forma a que Harry não pudesse intervir em nada, não o pudesse salvar?

Esta é uma das primeiras leituras que faço do final do sexto volume da colecção, ainda no rescaldo da sua leitura.

Uma coisa temos como certa: Dumbledore foi assassinado por Severus Snape, quaisquer que tenham sido as razões deste, e ficará para sempre em Hogwarts, onde o seu corpo repousará no «Túmulo Branco». Nenhum director da Escola de Magia e Feiticeiria de Hogwarts, à excepção de Dumbledore, foi sepuldado em Hogwarts. Penso que esta informação poderá ser valiosa para o desenrolar do último volume (segundo a autora) da colecção.

retalhado por Jorge Durões às 00:39
link do post | a retalhar | favorito
1 comentário:
De Liliana a 14 de Março de 2006 às 21:48
Concordo com a maior parte da tua (se me permites o tratamento por tu) opinião sobre a morte de dumbledore mas peço-te que me permitas dar a minha própria opinião. Concordo que Dumbledore se sacrificou para não destruir o disfarce de Snape e que a sua morte tem de ter este significado pois a morte de alguém tão importante e carismático não poderia ser em vão. Mas, nunca te perguntaste porque será que Dumbledore tanto confia em snape? Sim, pois contra tudo e contra todos, sempre o defendeu. Dumbledore sempre disse ter razões para saber que snape estava arrependido e que tinha mudado. Mas quais serão essas razões afinais. Eu não fazia a mínima ideia nem me atrevia a ter nenhuma opinião mas tudo mudou quando ouvi um fragmento de uma entrevista a rowling. Nela um fã perguntou se snape se apaixonaria alguma vez e rowling riu dizendo que era engraçado e estranho que ele tivesse mencionado isso, que até lhe dava arrepios e k teria que esperar pelo próximo livro. como deves saber snape foi quem contou a profecia a Voldemort e foi depois de se aperceber que Voldemort tinha ido atrás dos Potters que se arrependeu e passou para o lado de Dumbledore. Eu acredito que Snape era apaixonado por alguém sim. Não sei se te recordas que na ordem da fénix, harry vê o passado e vê o seu pai e os amigos a fazerem pouco de Snape. Mas há alguém, a única pessoa, que o defende... Lilly Potter. Depois de pensar um pouco cheguei a esta conclusão. Ninguém gostva do jovem snape a não ser Lilly. Snape sempre ajudou e protegeu Harry apesar de não gostar dele e do seu pai James mas nunca referiu não gostar de Lilly. Seria talvez por isto que Snape tanto se arrependera do que fizera pois as suas acções teriam levado ao assassinato de Lilly Potter por Voldemort. Talvez fosse por isso que Dumbledore tinha a certeza que Snape se arrependera. Talvez seja por isto que Snape protege harry. Houve também quem dissesse que Harry é filho de Snape, algo pouco provável na minha opinião mas não podendo claro negar as suas semelhanças. No entanto acho mais pláusível a minha teoria. Gostava de saber a tua opinião.


Comentar post

mais sobre mim


ver perfil

seguir perfil

. 1 seguidor

pesquisar

 

Dezembro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Retalhos Recentes

Fim...

Descrição do Blog

...

Porque...

Isto

Não sei quem sou...

AMO tracinho TE

O local a que chamo casa....

À procura... de um amigo

...

Retalhos já Passados

Dezembro 2006

Outubro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

SAPO Blogs

subscrever feeds